16
Nov

Preconceito, Falta de Educação, Pão e Circo !

Postado por alexandre, às 18:00h

Diversidade

Moramos num país de dimensões continentais, com uma variedade muito grande de raças e culturas, com uma distribuição econômica díspare, educação igual ou pior.

Somos conhecidos no mundo como país do carnaval, do futebol, terra de “índios”. Nossa capital confunde-se com  “Buenos Aires”, as vezes “Rio”.

Mas o estereótipo pior é o interno, feito por nós, brasileiros.

Nordestinos de uma forma geral cabeçudos e preguiçosos, cariocas malandros, Mineiros tabaréis, os paulistas não sabem falar e escrever, Gaúchos tem sexualidade duvidosa, nortistas são índios, mato grossensses idem. Baiano e Paraíba são expressões pejorativas no sudeste.

Sabe o que é pior? Isso é alimentado constantemente. Na televisão, os estereótipos são exagerados em novelas e programas. Piadas sobre gaúchos gays(aqui um duplo preconceito), baianos preguiçosos, cariocas “Exxxxpertos”, paulistas que não sabem falar. Me aponte aqui em Salvador, um baiano que use as recorrentes expressões “meu rei”, “bichinho”, que os baianos de novela sempre falam há cada frase. Me aponte um !

Eu sou baiano soteropolitano, vivo em Salvador e morei em São Paulo, por isso estou confortável pra dizer: não somos preguiçosos. Existem baianos preguiçosos sim, como existem paulistas preguiçosos, como cariocas, etc.

Talvez num momento de extrema infelicidade, o saudoso Caymi tenha ajudado a difundir a imagem de baiano deitado numa rede, com seu violão e se auto-definindo como preguiçoso. O povo aqui acorda cedo, trabalha da mesma forma, sem dever nada a ninguém de outro estado.

Fora o preconceito racial, regional, soma-se agora um mais perigoso, a intolerância religiosa. Uma distribuição de ataques entre seguidores de diversas religiões, ignorantes quanto a crença alheia na sua maioria, se sentem “confortáveis” para criticar agressivamente o outro. Incluo nisso os ateístas, que muitas vezes também não são respeitados, mas que também não respeitam quem tem fé e segue alguma crença.

E a responsabilidade disso tudo resume-se numa única palavra: educação ! ou melhor FALTA dela.

Baianos, Paulistas, Cariocas, etc, enfim brasileiros têm um grande e grave problema: FALTA de EDUCAÇÃO,  a educação doméstica, principalmente. Perdemos o respeito pelo outro, pelo direito igualitário de todos. A famigerada “vantagem” é a lei urbana principal.

Um país cuja impunidade impera, permite que os “espertos” tomem conta. A educação escolar carente e a TV bombardeando as mentes vulneráveis e sem senso crítico, criam uma massa de pensamento homogeneo, que briga pelo pão do dia, endivida-se sem comprometimento, busca seu conforto numa mesa de bar ou numa religião que muitas vezes explora a situação de desespero do cidadão.

Se continuarmos caminhando nesta linha, de dar pão, sem dar livro, sem campanhas que ao menos despertem a cidadania, nos tornaremos animais, se já não nos tornamos, matando por um par de tenis, provocando acidentes por imprudencia e da constante necessidade levar vantagem sobre o outro.

Ou não nos deixamos levar pela onda, ou ficará cada dia mais difícil viver em sociedade.

Related posts:

Deixe seu comentário
Tags:
Nenhum comentário
Copyright © 2012 TocaDoNerd.com.br - Blog Nerd