10
May

A extinção do constrangimento

Postado por alexandre, às 18:39h

Peço desculpas aos poucos leitores do blog, mas estou numa fase terrível no trabalho e não me resta tempo para dedicar ao meu lazer. Arranjei alguns minutos para que o blog suspire..

É impressionante como o constrangimento simplesmente está deixando de existir na maioria da relações sociais. Atribuo isso a diversos fatores, como impunidade, falta de educação doméstica, os valores que a sociedade de uma forma geral cultiva nos dias de hoje, a “educação” imposta pela televisão e internet, enfim, são várias vertentes que em conjunto, transformaram o brasileiro num dissimulado cara de pau.

No âmbito político, alguns exemplos claros. Primeiro em âmbito local, depois de oito anos de uma desastrosa prefeitura, na qual teve suas contas reprovadas de dois anos, recentemente em votação, o sr João Henrique ainda contou com votos a seu favor de 25 vereadores. É um absurdo que diante de toda evidência de irregularidade, um representante do povo de exponha de tal forma.

Ainda falando em política, mas enveredando para aspectos religiosos, entramos num perigoso jogo que pode descambar para “guerra santa”. O sr. Feliciano assumiu a comissão de direitos humanos, mas não satisfeito, usa o poder da mídia para disseminar pérolas que exaltam os mais diversos grupos sociais, quando se posiciona de uma forma extremista contra homossexuais. Não sei se todas as frases atribuídas a ele de fato são, absurdos como atribuir a Deus mortes como a do grupo Mamonas e sucesso de artistas como Caetano a pactos com o demônio, descambou para palhaçada, pois não há mais o constrangimento de assumir posições tão controversas quando se tem uma massa de fieis que concordam com tudo que é imposto, sem um mínimo de criticidade.

Aproveito para salientar que a utilização da fé dos fiéis para consolidação de uma bancada política é uma estratégia perigosa.

Indo para o cotidiano, e desses exemplos estou cansado de falar, vemos a ausência total de respeito, civilidade e vergonha no trânsito, na prestação de serviços, em (pasmem) instituições de ensino.

Se vocês acham que chegamos ao fundo, as gerações que estão por vir, falando desde os adolescentes até os atuais universitários, é de de assustar. Eu sou um pessimista, eu sei, difícil fazer nossa parte, mas não podemos esmorecer.

 

 

 

Deixe seu comentário
Tags:
Nenhum comentário
Copyright © 2012 TocaDoNerd.com.br - Blog Nerd