2
Sep

Narcos: Plata O Plomo

Postado por alexandre, às 11:12h

Narcos

Aguardei com bastante ansiedade esta série, principalmente por conta do boa impressão deixada pelo trailer divulgado há alguns meses.

Há alguns anos tivemos o enorme sucesso do Tropa de Elite, marcado pela excelente atuação de Wagner Moura que eternizou o capitão Nascimento, inimigo público número um dos traficantes e bem dirigido por Padilha.

Pois bem, se a fórmula funcionou tão bem, porque não usar a mesma roupagem numa história que envolve a guerra do tráfico, polícia, corrupção e violência?  Foi o que José Padilha fez com esta série de 10 episódios.

Os mesmos recursos usados em Tropa de Elite foram trazidos para a série:o formato, tendo a história narrada por um dos protagonistas, a violência sendo exibida sem pudores, a montagem do roteiro, tendo uma cena inicial que será explicada depois, pois voltamos ao passado até chegar novamente aquele momento. Além disso algumas boas atuações, principalmente de Wagner Moura, que mais uma vez mostra sua competência, agora ao reviver um dos maiores narcotraficantes que já existiu, Pablo Escobar, o que é irônico, uma vez que Wagner encarnou o adorado capitão nascimento, agora teve de viver o outro lado da moeda.

O elenco de uma maneira geral agradou. O mais fraco mesmo na minha opinião foi Boyd Holbrook, como Steve Murphy, em tese o protagonista(a história é narrada por ele), mas que foi atropelado por Wagner Moura.
Para falar bem a verdade, se fosse possível colocar Capitão Nascimento x Pablo Escobar, teríamos um blockbuster de primeira. Além de Moura, temos também André Matos, que trabalhou em Tropa de Elite 2, agora num papel menor, mas não menos bem feito.
André  Matos
A série mostra o combate ao narcotráfico, numa época cujo o governo americano voltava completamente suas atenções a “batalha contra o comunismo”, e que viu seu país ser invadido pelo tráfico de cocaína. Aliás os Estados Unidos são duramente criticados, principalmente por preterirem o combate ao tráfico em relação ao combate ao comunismo.

A produção é muito boa, a história prende o telespectador, mas na minha opinião foi “muito acelerada”.
A história mostra o então e já perigoso contrabandista Pablo Escobar, nesta época com mais ou menos 27 anos, descobrindo um mercado altamente rentável.
Escobar
Não é mostrado como Pablo chegou aquele ponto, como foi sua infância, vida familiar, etc, como ele se tornou um sociopata, frio, perverso, megalomaníaco. Isto poderia ter sido melhor explorado.

As inserções de imagens reais foi um ingrediente interessante. Vemos cenas do verdadeiro Escobar em fotos, filmagens, noticiários da época, etc.

Os números do tráfico de cocaína são quase impensáveis, chegando naquela época ao impressionante faturamento de US$60 milhões por dia. Para se ter uma ideia, para alcançar seus objetivos, Escobar chega ao ponto de oferecer ao governo pagar a divida externa do país em troca dos seus interesses.

Pablo

Não é a toa  “a dificuldade” do “Patron” esconder ou lavar, esta fortuna. No contexto tecnológico da época, era muito difícil para as autoridades perseguirem os criminosos, somado a rede de corrupção que protegia os carteis. Para eles,  qualquer um era corrompível, o que não estava longe da realidade, mas alguns poucos não se dobraram e a maioria pagou com a própria vida.

A série tem momentos muito fortes, como em Tropa de Elite, o poder da “Plata O Plomo” é quase infalível e vemos uma sociedade corruptível a mercê da violência e poucos ousaram a se opor.A ostentação do tráfico também é mostrada no filme, com as extravagâncias de Escobar.

Se você gostou de Tropa de Elite, é quase certeza adorar esta série, do contrário, nem tente.

[SPOILER]

Ao que parece, teremos uma segunda temporada que deve focar numa guerra, já envolvendo os concorrentes de Escobar no tráfico e a ofensiva da polícia.

Seria muito interessante inserções de flashbacks que explorassem o passado de Escobar para entendermos a construção de Escobar, como já falei, faltou isto nesta primeira temporada.

Deixe seu comentário
Tags:
Nenhum comentário
Copyright © 2012 TocaDoNerd.com.br - Blog Nerd