31
Jan

J.J. Abrams, Star Wars VII e o abacaxi

Postado por alexandre, às 9:08h

J.J. Abrams foi oficializado como o diretor de Star Wars VII.”Posso apenas falar o que quero fazer: quero deixar os fãs orgulhosos”, declarou Abrams esta semana.

A oficialização de J. J. Abrams como sem dúvida mexeu com os fãs de Star Wars. Agora ele tem um tremendo abacaxi nas mãos, pois uma legião de fãs desconfiados, principalmente depois da decepção com a “nova” trilogia, aguarda o que vem por aí. Pode ser a redenção da franquia e o endeusamento de Abrams, ou golpe duro sobre a mesma, que apesar de ainda muito forte, sofreria muito com um novo fiasco nas telonas.

J.J. sem dúvida é muito corajoso. Ele tem em mãos duas das mais poderosas franquias do cinema, Star Wars e Star Trek. Esta última, ele produziu e dirigiu o relançamento em 2009 da tripulação clássica. Um filme que dividiu as opiniões.

Abrams virou figurinha carimbada e um nome forte na ficção científica moderna. Criador de Lost e Fringe, séries de enorme sucesso, seu nome estampou alguns sucessos do cinema:

Mission: Impossible III (2006) (diretor, co-roteirista), Cloverfield (2008) (produtor), Star Trek (2009) (diretor, produtor), Morning Glory (2010) (produtor), Super 8 (2011) (roteirista, diretor, produtor), Mission: Impossible – Ghost Protocol (2011) (produtor).

Hoje está trabalhando em: Wunderkind (2013, pré-produção) (produtor), Star Trek Into Darkness (2013, pós-produção) (diretor, produtor).

” Abrams trabalhará com o roteirista Michael Arndt (Pequena Miss Sunshine, Toy Story 3) no desenvolvimento do roteiro de Star Wars VII. Arndt já trabalha no argumento da nova trilogia e no script de Star Wars VII desde outubro.”

É um desafio tremendo para os dois, pois existem muitas possibilidades de continuidade. O Universo expandido(histórias pós-episódio VI, que foram “aceitas” por Lucas)  já existe na literatura, mas ainda não está claro se serão aproveitadas.

Confesso que ainda que com as marcas negativas deixadas pelos episódios I, II e III, a expectativa ainda existe de minha parte. Eu tenho uma opinião que com certeza muitos fãs me bateriam, mas porque não fazer um reboot? Com a tecnologia de hoje, os episódios poderiam ser muito mais ricos, mais elaborados. Vamos ver o que a Disney pretende. É aguardar.

 

Related posts:

Deixe seu comentário
Tags:
Nenhum comentário
Copyright © 2012 TocaDoNerd.com.br - Blog Nerd